PB registra média de abertura de 22 novas empresas por dia

Os paraibanos estão colocando em prática o sonho de empreender. De janeiro a abril deste ano foram abertas 2.663 empresas, uma média de 22 por dia. Os números são do projeto Usina de Dados, do Sebrae/PB, revelando ainda que a maior parte dos novos empresários são Microempreendedores Individuais (MEI).

Entre as pessoas que se desafiaram e abriram o próprio negócio este ano está Juliana Carla. A empresa dela presta serviço de decoração com balões para festas. A empreendedora conta que a ideia de vender o serviço partiu do incentivo das amigas e de familiares, que reforçavam para Juliana a habilidade que ela tem para decoração.

“Sempre gostei de organizar e decorar festas para família, amigos e local de trabalho. Até que que as pessoas foram vendo e começaram a pedir para comprar para decorar algumas festas. E assim eu fui transformando o que amo fazer em uma segunda renda”, contou a empreendedora da Ju Balões. Ela acrescentou ainda que o apoio das amigas continua com as vendas. “Minhas amigas fizeram um perfil no Instagram e ali fomos postando e vendendo”, revelou.

A empresa de Juliana Carla integra o setor de serviços, que lidera o número de negócios na Paraíba. De acordo com dados do Sebrae/PB, eram 122.346 empresas ativas com atividades de serviço até o último dia 1º. Para a gerente da Unidade de Gestão Estratégica e Monitoramento do Sebrae/PB, Ivani Costa, os números refletem “a demanda crescente no mercado, podendo impulsionar o crescimento econômico e a criação de novos postos de trabalho no setor”.

Aliado a isso, a gerente reforça que a abertura das novas empresas também indica um ambiente de negócios dinâmico e favorável, e completa: “Além disso, o fato de a maioria das novas empresas serem MEIs sugere um aumento no empreendedorismo individual e na formação de pequenos negócios que na Paraíba compõe mais de 97% das empresas ativas”, completou.

Juliana Carla conseguiu enxergar uma necessidade no mercado e está otimista com o futuro do seu negócio.

“São desafiadores as vendas e o processo de criação. Minha expectativa é de crescer cada dia mais e estamos no início de uma ‘super jornada’. Eu adoro participar das celebrações, seja com meus balões ou com presentes especiais, e sou muito feliz em fazer esse trabalho”, acrescentou a empreendedora.

Sustentabilidade – Para manter o pequeno negócio funcionando, com rentabilidade e sustentabilidade, Ivani Costa orienta cautela aos empreendedores e perseverança, além de acompanhar o cenário econômico.

“É importante monitorar o crescimento e a sustentabilidade dessas empresas à longo prazo, bem como garantir um ambiente empresarial sustentável e competitivo. Para tanto, é necessário o desenvolvimento de políticas econômicas que visem o desenvolvimento contínuo do ecossistema empreendedor paraibano”, disse.

Empreendedorismo em números – De acordo com a Usina de Dados do Sebrae/PB, do total de empresas abertas em 2024 na Paraíba, 1.908 foram MEIs, 622 Microempresas, 69 Empresas de Pequeno Porte e 64 Médias e Grandes Empresas.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Homem morre vítima de atropelamento na Rua São Manoel, em Guarabira

Inmet emite alerta amarelo para municípios do Brejo com risco potencial de acúmulo de chuvas

Em pré-campanha, Rinaldo e Anderson debatem propostas para a juventude de Pirpirituba